Projetos Lei de Incentivo Cultural Rubem Braga:
 
2009 - Catálogo Cerâmica Capixaba – catálogo virtual -
 
Casa Cor de 2002 à 2012

I,II,III FEBARRO - Feira Nacional do Barro - Vitória - ES

CONTAF - Congresso Nacional de Técnicas para as Artes do Fogo de 2003 à 2012

2o Congresso Nacional de Cerâmica e 2o salão Nacional de Cerâmica - Museu Alfredo Andersen - Curitiba PR - 2008

3o Congresso Nacional de Cerâmica -Museu Alfredo Andersen - Curitiba PR – 2010

 
 
2012 - Universo Artístico capixaba:
 
Este projeto propôs a confecção de 35 painéis cerâmicos medindo 30X40 cm, contemplando temas iconográficos, como as orquídeas, o beija flor, o café, a casaca, a panela de barro, o patrimônio histórico arquitetônico além de outros elementos de nossa identidade cultural. As peças foram modeladas e esculpidas por 11 ceramistas da associação e curadoria do Artista Plástico Ceramista Zuilton Ferreira. Os painéis foram transformados em bens públicos e destinados a entidades públicas e privadas, que trabalham em prol da cultura capixaba.

A abertura da exposição dos painéis foi efetuada em 09/10/2012 às 19 hs, na Galeria Homero Massena, onde houve a entrega simbólica do painel a cada entidade. Após o encerramento da exposição no dia 27/10, iniciou-se a entrega oficial onde foi assinado o termo de doação.
 
3º Ponte:
O painel cerâmico escultórico intitulado “3a Ponte”, trata-se em sua temática, da arquitetura moderna urbanística.

A obra modelada em argila, através de um processo livre espontâneo, apresentando aspectos contemporâneos e inspiração de contemplação presencial transpõe para a cerâmica a obra do artista plástico Wagner Veiga.
 
Curva do Saldanha:
A obra de arte, em forma de painel cerâmico escultórico trata em sua temática de monumento arquitetônico urbanístico. A modelagem praticada na produção da obra possui volumes de altos e baixos relevos caracterizados em aspectos visuais contemporâneos e de inspiração através de contemplação presencial.
 
Cruz do Papa:
A obra de arte, em forma de painel cerâmico escultórico trata em sua temática de monumento arquitetônico urbanístico.

A modelagem praticada na produção da obra tem volumes de altos e baixos relevos caracterizados em aspectos visuais contemporâneos e de inspiração através de contemplação presencial.
 
Passagem:
Intitulado “Passagem” o painel cerâmico modelado em argila, carrega em sua temática arquitetural urbanística, um dos cartões postais mais fotografados da nossa cidade – a 3ª Ponte
A obra de arte foi materializada através da ação artística livre e espontânea, guiadas por minhas percepções e sentimentos de alcance do belo por vias de condutores de idealizações interiores.
 
Carmélia:
A temática desta obra de arte faz alusão ao Centro Cultural Carmélia. O painel cerâmico conjuga em sua modelação, volumes em altos e baixos relevos, que associados a outras estruturas de produção escultórica, definem os contornos de visualidades contemporâneas expressas pela artista, na obra em questão.
 
O Tempo:
O painel cerâmico, intitulado “O Tempo”, trata em sua temática o Relógio da Praça Oito, onde aconteceram várias manifestações públicas importantes para o nosso Estado. Esta obra de arte traduz em sua modelagem, bela composição formal, constituindo um peculiar manancial artístico, expresso em volumes de altos e baixos relevos, caracterizados em aspectos visuais contemporâneos, onde a artista ceramista apoderou da imaginação e da capacidade criadora, manifestando um processo de modelagem livre e espontâneo.
 
A Concha:
O bem cultural painel cerâmico é uma obra de arte que tem como título “A Concha”. A mesma tem sua raiz temática oriunda da icnografia da arquitetura do Parque Moscoso em nossa capital.

A obra expressada em seu conteúdo volumétrico bidimensional em alto e baixo relevo, resultando em uma composição formal, foi dimensionada através da modelagem livre e espontânea, dentro de meus parâmetros artísticos, denotando meu estilo contemporâneo de produção.
 
Pedra dos Olhos:
O painel cerâmico escultórico “Pedra dos Olhos” é uma obra produzida em placa de argila terracota modelada com altos e baixos relevos, texturas e polimentos. A composição formal simplificada expressa a linguagem peculiar sensitiva da artista, que tem ligação profunda com morros e montanhas desde criança e consegue transpor para o painel, de forma contemporânea, toda a magnitude da Pedra dos Olhos, que é o ponto mais alto da nossa ilha e traz consigo histórias e lendas.
 
Sem Título:
É uma obra de arte executada na forma de painel escultórico, materializada em massa cerâmica terracota, recebendo cobertura de corante natural branco, buscando-se definir contornos de contemporaneidade em sua cor, textura e formas lineares do seu conjunto de ícones.
A raiz temática desta obra tem sua origem na diversidade da iconografia do ES, não se detendo apenas em um, mas pinçando, dentre tantos, aqueles significativos para o cotidiano do capixaba assim como para a memória afetiva da autora.
A composição formal expressa através da interpretação escultórica destes ícones, o estilo de produção artística da ceramista.
 
Ícone Culinário:
Ícone culinário é uma obra de arte em forma de painel escultórico bidimensional que traz em sua raiz temática a panela de barro que mais que símbolo culinário é a própria iconografia do Estado.

A obra de arte, materializada em argila, ganhou sua modelagem em procedimentos de livre e espontânea ação de estilo contemporâneo, guiada pela busca do belo através da minha percepção humana e artística do ícone que se especifica no conjunto de bens culturais. Essa ação contribui no fortalecimento da atual história da arte capixaba.
 
Receita Sem Palavras:
 
2011 - A Cerâmica na Ilha:
 
Release

O projeto A Cerâmica na Ilha, propôs a realização de cursos com o intuito de expressar as várias vertentes do universo cerâmico, levando ao público alvo um conhecimento mais amplo sobre a arte cerâmica e sua história através dos tempos, proporcionando aos mesmos a possibilidade de experimentar o fazer, criando e dando forma aos objetos imaginados utilizando os ícones capixabas, como forma de expressar a arte e cultura do nosso Estado. O projeto atendeu a 5 grupos específicos: Apae Vitória, Comunidade, Associação de Ceramistas Jacuí, Odemodê e Projeto Visitar, cada um com 30 horas/aula. No dia 19 de dezembro de 2011, como encerramento do projeto, houve no Mercado São Sebastião em Jucutuquara, exposição das peças desenvolvidas pelos cinco grupos participantes do projeto.

 
Comunidade:
 
Projeto Visitar:
 
APAE Vitória:
 
Odomodê:
 
Associação de Ceramistas Jacuí:
 
 
2010 - 3º Salão Nacional de Cerâmica - Museu Alfredo Andersen - Curitiba PR - 2010, onde a associada Marise Bessa foi selecionada com escultura do Convento da Penha
 
 

 

CERAMES - Rua Tito Machado, nº 66 - Horto - Vitória - ES - cep: 29.050-120 - www.ceramistas-es.com.br -Tel.: 27 3325 3979